O navio distante

img_20180828_163904_063-1286650688

Imagine que você está à beira-mar e você vê um navio partindo.
Você fica olhando, enquanto ele vai se afastando e afastando, cada vez mais longe.
Até que finalmente aparece apenas um ponto no horizonte
Lá onde o mar e o céu se encontram.
E você diz: “Pronto, ele se foi”.

Foi aonde? Foi a um lugar que sua vista não alcança.
Só isto.
Ele continua grande.
Tão bonito e tão importante como era quando estava com você.
A dimensão diminuída está em você, não nele.
E naquele exato momento em que você está dizendo “ele se foi”, há outros olhos vendo-o aproximar-se, outras vozes exclamando em júbilo:
“Ele está chegando”.

 

O Lobo

Uma noite, um velho índio falou ao seu neto sobre o combate que acontece dentro das pessoas.

Ele disse: – Há uma batalha entre dois lobos que vivem dentro de todos nós.

Um é Mau – É a raiva, inveja, ciúme, tristeza, desgosto, cobiça, arrogância, pena de si mesmo, culpa, ressentimento, inferioridade, orgulho falso, superioridade e ego.

O outro é Bom – É alegria, fraternidade, paz, esperança, serenidade, humildade, bondade, benevolência, empatia, generosidade, verdade, compaixão e fé.

O neto pensou nessa luta e perguntou ao avô: – Qual lobo vence?

O velho índio respondeu: – Aquele que você alimenta!

Deus abençoe sua vida!

Primeiro post do blog

Este é o seu primeiro post. Clique no link Editar para modificar ou excluir, ou então comece um novo post. Se preferir, use este post para informar aos leitores o motivo pelo qual você iniciou este blog e o que planeja fazer com ele. Se precisar de ajuda, fale com os usuários simpáticos nos fóruns de suporte.